logo IMeN

A escala EAT-10 na triagem da disfagia

A EAT-10 mostra-se prática e eficiente na avaliação de sintomas específicos da disfagia.  Esta escala compreende um questionário de 10 questões autoaplicáveis que deverão ser respondidas de modo subjetivo pelo paciente. As respostas variam em uma escala de 0 a 4, sendo “0 = ausência de problema” e “4 = problema severo”. Dispende, aproximadamente, 2 minutos para preenchimento e além de muito simples e rápida, apresenta grande reprodutibilidade e consistência. Deste modo, é uma ferramenta estratégica de triagem da disfagia em idosos e pacientes com distúrbios neuromotores. Estas particularidades fazem da EAT-10 um instrumento de qualquer profissional da saúde, que pode, à partir desta triagem inicial, encaminhar o indivíduo acometido a um fonoaudiólogo que feche o diagnóstico. A EAT – 10 pode ainda integrar-se a outras avaliações (como a DHI que citamos nos posts anteriores, por exemplo) garantindo maior coesão no diagnóstico. 

 

Referências:

Lauret CD, Garnier PL, Borel S, Tessier C, Sauvignet A, Crevier-Buchman L. [Understanding the use of self-evaluation questionnaires when assessing a patient's swallowing capacity and performing follow-up activities]. Rev Laryngol Otol Rhinol (Bord). 2012;133(1):19-26.

Belafsky PC, Mouadeb DA, Rees CJ, Pryor JC, Postma GN, Allen J, Leonard RJ. Validity and reliability of the Eating Assessment Tool (EAT-10). Ann Otol Rhinol Laryngol. 2008 Dec;117(12):919-24.

R. Burgos, B. Sarto, H. Segurola, A. Romagosa, C. Puiggrós, C. Vázquez, G. Cárdenas, N. Barcons3, K. Araujo3 y C. Pérez-Portabella1. Translation and validation of the Spanish version of the EAT-10 (Eating Assessment Tool-10) for the screening of dysphagia. Nutr. Hosp. vol.27 no.6 Madrid nov.-dic. 2012

IMeN - Instituto de Metabolismo e Nutrição
Rua Abílio Soares, 233 cj 53 • São Paulo • SP • Fone: (11) 3287-1800 • 3253-2966 • administracao@nutricaoclinica.com.br